Subidas assustam, não há dúvidas quanto a isso. Principalmente nos primeiros treinos de aclive. Se você já passou desta fase, deve lembrar que os primeiros passos ladeira acima são duros. Caso ainda não tenha feito treinos nessas condições, saiba que, quando o período pré-competitivo do seu treinamento estiver começando, aparecerá em sua planilha, a palavra mágica “aclive”. Porém, antes que você pense que subir uma lomba é um bicho de sete cabeças, vejamos alguns benefícios provenientes desse tipo de treinamento.

Estudos comprovam que, atletas que treinam em subidas, tem maior concentração de enzimas que permitem à musculatura manter exercícios de alta intensidade por mais tempo, sem fadiga.

Entre os ganhos relativos à atividade em aclive destacam-se ainda o aumento na eficiência e força do organismo. Nessas práticas, desenvolvem-se freqüência cardíaca menor e menos pressão arterial para o mesmo esforço, tornando o sistema, portanto, mais eficiente. Isto propicia ainda um melhor desempenho e a diminuição no risco de lesões. A exigência maior sobre tendões, ligamentos e panturrilhas, promove o fortalecimento destas estruturas de maneira mais efetiva do que seria possível em um percurso plano.

Conquiste um melhor condicionamento e previna lesões através de um treinamento de aclive bem estruturado.

E estes são só alguns dos vários benefícios provenientes desse tipo de prática. Mas lembre-se, só o professor tem autonomia para prescrever este tipo de exercício, nem pensar em fazer aclives sem orientação adequada!

Por todos estes motivos, quando estiver com uma subida á sua frente, respire fundo, pense nos ganhos que ela lhe trará a cada passo, motive-se e vença mais este desafio!

Ótimos treinos!